Golpe de Vista

Valdinho e a Legionela


Legionela. Esta é a palavra mais falada em todo o país. Mas se é verdade que nenhum de nós está a salvo de contágio, as noticias dão como principal foco do problema, Vila Franca de Xira. Ora, é precisamente em Vila Franca que está Valdinho, que representa o Vilafranquense até ao próximo mês de Janeiro.

Com viagem marcada para Angola, onde irá representar o recém consagrado campeão, Recreativo do Libolo, Valdinho não esconde que esta é ” é de facto uma situação complicada“. A rotina diária do futebolista foi ligeiramente alterada porque ” temos sido obrigados a a tomar certas medidas preventivas,  como evitar a água das torneiras. Na cidade vive-se um clima de preocupação, naturalmente. É uma situação q nos preocupa visto que  já morreram quatro pessoas e é um dado relevante.” refere, embora frisando que “não tem havido lugar a  grandes alarmismos.”

Mas se até ao dia de ontem a rotina tinha ligeiras alterações, hoje,segunda feira, as coisas mudaram de figura com a suspensão dos treinos, durante os próximos dias, que visa prevenir o uso de chuveiros e a inalação dos vapores de água.
Valdinho, que segue à distância a evolução do Ébola no continente africano, e aguarda que não alastre a Angola, tem agora uma preocupação de maior proximidade: a Legionela

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *