Golpe de Vista

Treinadores abordam duelo


O encontro deste domingo não só marca o arranque oficial do Freamunde como também coloca frente a frente dois dos mais fortes candidatos à subida de divisão. O Rebordosa é o líder da prova, com três triunfos e tem no seu comando um nome bem familiar: Tonanha.

Fomos saber o que pensam os técnicos sobre o jogo. Pedro Barroso salienta  que a “ sua equipa quer é competir “. “Nem tempo temos para pensar no adversário”, diz o líder azul que vê no jogo com o Rebordosa na “ possibilidade de realizarmos a nossa estreia, junto do nosso público, algo que há muito desejamos. Barroso opta por não catalogar o adversário como o mais sério candidato à subida porque “ existem várias equipas com qualidade e todas podem lutar pelos primeiros lugares. Quanto a nós, em primeiro lugar queremos equilibrar financeiramente o clube. Esse é o nosso grande objetivo. “ A fechar Barroso salientou que este atraso no arranque irá” encurtar o período de recuperação nos jogos seguintes” e que certamente também fez “aumentar as saudades dos freamundenses de irem ao futebol, pelo que domingo contamos com eles! Finalizou.

Do outro lado, Tonanha, encara este como “ mais um jogo e neste campeonato todos os jogos são difíceis.” O treinador que trocou o Barrosas pelo RAC vê o Freamunde como candidato. “ Pelo orçamento e pelo plantel que têm, necessariamente que são apontados como candidatos.” Apesar da forte ligação que tem ao clube que vai defrontar, Tonanha só pensa em ganhar embora assuma que” será obviamente um jogo especial. É a primeira vez que defronto o Freamunde, onde cheguei com 11 anos e onde fui quase tudo, desde jogador, treinador e diretor”.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Prémio GdV – Finalistas

Nomeados finais para o Prémio GOLPE De VISTA 2017/2018