Golpe de Vista

Ter o pássaro na mão…


O Juventude Pacense somou mais um ponto no nacional da segunda divisão, mas foi um empate amargo e que impossibilitou aos pacenses igualar o seu adversário na tabela. Na estreia do novo reforço, Néné, foi Manucho quem assumiu o destaque na primeira parte ao apontar os dois golos canarinhos. A vencer por 2-0 os pacenses entraram a segunda parte à procura de novo golo, mas seria a formação do Famalicense a reduzir. Os azuis porfiaram e a dois minutos do final conseguiram igualar a partida. A 40 segundos do fim, o Juventude dispôs de um livre directo mas Manucho não conseguiu bater o guarda redes contrário. Com a formação visitante reduzida a apenas dois jogadores de pista mais o guarda redes, os pacenses acusaram a ansiedade do momento e não conseguiram desatar o nó.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *