Golpe de Vista

Só Jô sobreviveu


Foi uma quinta feira negra para os nossos atletas na Liga Europa. Romeu Torres e Luis Rocha viram o sonho esfumar-se por entre os dedos e apenas Jô logrou a tão desejada qualificação. O Sheriff levou para a Islândia uma magra vantagem de um golo, mas ainda no primeiro tempo Sigurdsson (40′) empatou a eliminatória para o Valur. O técnico visitante foi então ao banco buscar Jô para a segunda parte e os frutos chegaram pouco depois om Badibanga a igualar a partida. Até final o Sheriff limitou-se a gerir o resultado e só nos descontos o Valur iria voltar a marcar.Halldorsson (90+1′) fez o golo da vitória, insuficiente para travar a caminhada do Sheriff na competição.

Romeu Torres cai nos instantes finais.

Depois da derrota no reduto do UFA por 2-1, o Progrés entrou da melhor maneira e um autogolo de Alikin(2′) colocou a equipa de Romeu Torres na frente da eliminatória. Os russos empataram por Paurevic (51′), mas o Progrés iria adiantar-se de novo. Aos 70′ Romeu Torres entrou para dar sangue novo ao ataque e dois minutos volvidos, Mayron fez o 2-1 para os da casa. Quando já se esperava o prolongamento, Paurevic ( aos 90+4′) fez o empate e fechou a eliminatória.

Rocha vive pesadelo em S.Petersburgo

Depois da impressionante goleada (4-0) obtida em Minsk, o apuramento parecia uma realidade para o Dínamo de Luis Rocha. Mas o Zenit não esteve pelos ajustes e conseguiu reverter a eliminatória, com recurso a prolongamento. Ao intervalo o Zenit vencia por 1-0, golo de Paredes (22′) e iria aumentar a vantagem aos 66′ por Noboa. A expulsão de Paredes (72′) parecia deixar o Dinamo mais tranquilo, mas o gigante russo Dzyuba em apenas três minutos (75′ e 78′) empatou a eliminatória. No prolongamento, o técnico do Minsk tirou Luis Rocha para tentar o golo que iria surgir aos 99′ por Yahaya e que obrigava o Zenit a marcar pelo menos mais dois golos. Driussi (109′) fez 0 5-1 e aos 115′, de penalti, Dyzuba completou o hat trick. Até final houve ainda tempo para mais dois golos para os da casa( Mak 120’+2 g.p. e 120+3′) e uma expulsão para o Dinamo, com Shvetsov (120+1′) a ir mais cedo para o banho.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Prémio GdV – Finalistas

Nomeados finais para o Prémio GOLPE De VISTA 2017/2018