Golpe de Vista

Segunda Liga ao rubro!


Das seis formações que ainda sonham com a subida de divisão, apenas o U.Madeira(7º70p) venceu nesta ronda. A equipa de Vitor Oliveira bateu o Leixões(18º49p) por 3-1 e tirou partido dos deslizes dos seus concorrentes directos. A formação insular, sem Barnes e com Kisley no banco, chegou á vantagem aos 34′ com um golo de Diogo Fernandes. A abrir o segundo tempo, João Novais (48′) empatou para os bébés de Matosinhos, que contaram com Orlando a tempo inteiro ( viu um amarelo aos 40′). Vitor Oliveira lançou Kisley (59′) e viu a sua equipa construir o triunfo, graças à pontaria de Miguel Fildago (66′) e Zarabi (79′).

Nas Aves o Freamunde(8º68p) não foi além de um empate a um golo diante do Desportivo(20º79p) local. A equipa encarnada, sem Zé Valente e com Rafinha e Marco André no banco de suplentes, chegou à vantagem por Caballero (30′), no melhor período dos locais. Na segunda parte, Rui Raínho foi (mal) expulso,deixando os capõs com menos uma unidade para a última meia hora. Mas de bola parada, Djim voltou a mostrar ter um pontapé incrivel, e empatou o jogo aos 71′. Barbosa, Pedrinho e Luis Pedro foram opções iniciais de Filipe Rocha que deixou no banco Tiago Leão. Na equipa de Emanuel Simões, Rafinha entrou para a última meia hora, enquanto Marco André não saiu do banco.

O Chaves(3º72p) continua a dar sinais de intranquilidade. A equipa de Carlos Pinto foi goleada no Algarve, pelo Olhanense(19º48p), por 3-0. Balogun (47′), Galassi (69′) e Murilo (81′) construiram o resultado na segunda parte, de nada valendo a entrada de Arnold (54′) no ataque visitante.

O deslize flaviense não foi devidamente aproveitado pelo Sporting da Covilhã(4º71p), que em casa, empatou a dois com o Feirense(5º70p), com os visitantes a empatarem na última jogada do encontro!A equipa de Santa Maria da Feira adiantou-se por Luiz Phelippe, que de penalti bateu Taborda. Pouco depois, também de penalti, Erivelto empatou e embalou os serranos para a cambalhota no marcador, que seria consumada por Kizito. Mas aos 90+4′ Diogo Fonseca empatou a partida evitando a subida do Covilhã aos lugares de subida.

Numa jornada negra para os da frente, o Tondela(1º79p)não fugiu à regra. Na visita ao reduto do Beira Mar(11º57p), o líder sofreu para evitar a derrota. Os aveirenses começaram praticamente a ganhar, com um golo aos 5′ minutos, por intermédio de Chaparro. De penalti, o Tondela podia ter empatado, mas André Carvalhas desperdiçou o castigo máximo. Na segunda parte, Fábio Pacheco viu o segundo amarelo, acentuando as dificuldades da equipa de Quim Machado, que viria a ganhar novo ânimo, quando Chaparro (65′) recebeu ordem de expulsão. Surgiu então o inevitável Tozé Marreco (73′) a empatar o encontro, ampliando a vantagem para os concorrentes directos. Luis Machado entrou pouco depois (75′) na equipa do Tondela.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *