Golpe de Vista

Prenda de Natal chegou mais cedo


Depois de onze encontros sem conseguir uma só vitória, o Citânia de Sanfins(18º7p) quebrou finalmente o jejum e logo num encontro que se previa de elevado grau de dificuldade. Frente ao Baião(4º20p), que chegou a Sanfins no terceiro posto e com apenas uma derrota, a equipa orientada por Germano Pereira foi guerreira e arrancou um precioso triunfo.

Os pacenses entraram bem e chegaram a uma vantagem de dois golos na primeira parte com Hugo Moreira a bisar (17 e 44). A segunda parte trouxe a reação forasteira, que resultaria no empate com Gato a bisar (53 e 68 g.p.). Mas a reacção do Citânia foi imediata com Pinto (70) de grande penalidade a estabelecer o 3-2 final. O Baião ficou reduzido a dez por expulsão de Gato e não conseguiu evitar a derrota.

Germano Pereira viu assim a partida: “Foi um jogo entre duas equipas com muito querer e atitude. Fomos o que nunca havíamos sido antes: eficazes.

Saimos para o descanso a vencer 2 -0. com um grande golo, depois de uma grande jogada coletiva, e com um golo feliz através de um remate que ressalta num defesa e trai o guarda redes adversário. No inicio da segunda parte o Baião reduz de livre direto e ficamos algo retraídos. Depois há duas grandes penalidades – uma para cada lado-  no meu entender, ambas muito forçadas, mas analisadas com o mesmo critério pelo juiz da partida. Foi uma boa vitória que procurávamos e merecíamos há muito mais tempo! Parabéns aos atletas pela entrega e atitude! “

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Prémio GdV – Finalistas

Nomeados finais para o Prémio GOLPE De VISTA 2017/2018