Golpe de Vista

Pedro Monteiro à caça do primeiro troféu


Depois do 1-1 na primeira mão, o segundo jogo entre Apollon e Apoel terminou com igual resultado, sendo decidido nas grandes penalidades. Sem Pedro Monteiro, o Apollon foi mais feliz e qualificou-se para a final, já que na lotaria dos penaltis triunfou por 5-4. Já ao Apoel, que também não contou com Mário Sérgio, resta-lhe vencer o campeonato, competição que está bem encaminhada, visto que é líder com quatro pontos de vantagem.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *