Golpe de Vista

José Mota acerta Paços. Penafiel derrapa…


Numa partida marcada por muitos reencontros o Gil Vicente(15º17p) voltou a tramar o Paços de Ferreira(8º29p). Recorde-se que o primeiro ponto do Gil no campeonato, foi obtido no reduto do castor. Desta feita, a equipa orientada por José Mota somou os três pontos em disputa e saiu dos lugares de despromoção. Já os castores, com muitas baixas, contaram com André e Sousa, ainda júnior, no banco de suplentes. Debaixo de muita chuva, Cadu foi importante no eixo defensivo dos galos, que vieram a marcar o único golo, pelo gigante Simmy aos 68. Com este desaire o Paços perde a oportunidade de aproveitar empates de Belenenses(6º31p) e Rio Ave(7º29p).

Em Penafiel, a equipa da casa, foi batida pelo Marítimo(9º27p) por 4-3. Rui Quinta manteve Tiago Valente no eixo, mas Coelho foi relegado para o banco de suplentes. A equipa penafidelense entrou bem e chegou aos dois golos de vantagem, por Rabiola(3) e André Fontes(19). Mas num lance aparentemente legal, o juiz da partida assinalou grande penalidade por alegada mão de Tiago Valente. Xavier(32) reduziu e o jogo virou do avesso. O Marítimo entrou forte na segunda parte e em dois minutos colocou-se na frente. Ebinho (47) e Raul Silva(48) colocaram os da casa à beira de um ataque de nervos e pior ficaram quando Marega(75) ampliou para 4-2. Guedes (90+3) ainda reduziu, mas não houve tempo para mais.O Penafiel continua no último lugar com apenas 13 pontos. tiago valente na origem do penalti

Image courtesy of Joaquim Jorge | Golpe de Vista

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Prémio GdV – Finalistas

Nomeados finais para o Prémio GOLPE De VISTA 2017/2018