Golpe de Vista

Felgueiras fora da fase de subida. Oliveirense ainda sonha


Na despedida de Gil Barros, o Felgueiras foi até à Póvoa defrontar o Varzim B, não tendo conseguido mais do que um empate a uma bola. Os poveiros até marcaram primeiro por intermédio de Roberto Flores logo aos 2 minutos, mas os felgueirenses empataram aos 8 com um golo da autoria de Telmo Castanheira. Nos felgueirenses Gil Barros manteve a titularidade e cumpriu os 90 minutos, enquanto Rafinha regressou ao onze tendo sido substituído aos 75.

A AD Oliveirense falhou a aproximação ao segundo lugar, não beneficiando do empate do Vizela em São Torcato. O emblema de Marco André, que foi totalista, não foi além de uma igualdade sem golos em Arões, apesar de o adversário ter ficado reduzido a dez elementos a partir do minuto 71.

As duas últimas jornadas serão decisivas para os homens de Oliveira de Santa Maria que recebem o Fafe e terminam a fase regular em Mondim de Basto, tentando suprimir a desvantagem de três pontos.

O confronto entre Mondinense e São Martinho ditou uma divisão de pontos, fruto de um empate a um golo. Freitas entre os postes e Zé Pedro no eixo defensivo cumpriram os 90 minutos nos da casa, enquanto Orlando foi, como habitual, aposta de Jorge Regadas para todo o encontro.

Ao minuto 66 as redes balançaram pela primeira vez, com Zé Henrique a colocar o Mondinense em vantagem, contudo Moreno reestabeleceu a igualdade aos 75 selando o resultado final.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *