Golpe de Vista

Fábio herói do novo lider


Fábio Pacheco mostra o caminho

O Tondela(1º38p) é o novo líder da Segunda Liga e bem pode agradecer a Fábio Pacheco. O pacense foi o autor do único golo, na vitória sobre o Olhanense (18º24p). A formação visitante ficou, cedo, reduzida a dez unidades, devido à expulsão de Semedo (34), mas nessa altura já Fábio Pacheco (31) tinha desfeito o nó, com um golo que se revelaria decisivo, para o momento histórico que vive o Tondela. Luís Machado esteve no banco mas não foi utilizado.

Freamunde empata de novo

Mais um empate, mais um ponto somado. Esta bem pode ser a perspetiva de um clube que procura a manutenção. Os capões fizeram de tudo para vencer a formação do Beira Mar(15º26p), mas o resultado não sofreu alterações. Monteiro e Barbosa foram titulares, tendo atuado os noventa minutos. Pedrinho entrou ao intervalo para o lugar de Lio e Luís Pedro saltou do banco para render Robson, tendo visto um cartão amarelo que o afasta do próximo jogo. Tiago Leão não foi utilizado.

Carlos Pinto vence na estreia

Na deslocação ao reduto do Trofense(24º16p), Carlos Pinto estreou-se, da melhor forma, no comando técnico do D.Chaves (4º36p). João Vieira (25) fez sorrir o seu novo técnico, ao marcar o golo do triunfo. Arnold saiu do banco aos 58 minutos, na formação visitante. André Rateira foi titular no Trofense, tendo atuado o jogo completo. O triunfo dos flavienses surge na melhor altura, já que próxima jornada, atuam em casa perante o novo líder, e curiosamente ex equipa de Carlos Pinto, o Tondela.

Covilhã vence em cima da meta

Um golo de Erivelto (91) deu o triunfo ao Sp.da Covilhã(8º32p) sobre o União da Madeira(10º30p). Taborda fechou a sete chaves a baliza serrana, aos unionistas que contaram com Kisley até aos 67 minutos. Xeka não entrou nas contas de Chaló. O Covilhã ultrapassou o União e está na luta pela subida. Já a formação madeirense está em clara queda.

Viseu em retoma, Leixões e Aves em queda

O Ac de Viseu(12º28p) somou um triunfo expressivo sobre o D.Aves, batendo os encarnados por 3-0. Dalbert (11) iniciou a marcha triunfal, com Luisinho (41 g.p.) a dobrar a vantagem. O Aves(21º22p) ficou reduzido a dez, por expulsão de Miguel Vieira no lance da grande penalidade e viria a sofrer o terceiro golo por Clayton Leite (53).Zé Valente esteve no banco avense mas não foi utilizado. Já Marco André não entrou nos 18.

A jogar em casa, o Leixões(19º24p) deixou-se surpreender pelo Oriental(17º25p). O chinês Li (15) colocou o Leixões na frente, mas na segunda parte, Tom(56) e Roncatto(80) deram a volta ao jogo, estabelecendo o 1-2 final.Orlando jogou os 90 minutos na formação de Matosinhos e viu um amarelo (62).

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *