Golpe de Vista

Coelho e Cadu sofrem por fora


Penafiel e Gil Vicente qualificaram-se para a próxima eliminatória da Taça de Portugal ao vencerem o Fafe e o Benfica de Castelo Branco, respetivamente.

Os penafidelenses tiveram dificuldades na deslocação até Fafe, já que triunfaram apenas nas grandes penalidades.

Um golo de Yero colocou a equipa de Coelho( na foto), que não foi utilizado nesta partida, em vantagem no marcador.

Contudo logo a abrir o segundo tempo e numa altura em que o Penafiel já se encontrava reduzido a dez, devido à expulsão de Ângelo Meneses, os da casa igualaram. Alan de grande penalidade restabeleceu o empate no encontro.

Empate que persistiu até ao fim do tempo regulamentar e se arrastou durante todo o prolongamento.O vencedor foi apenas encontrado nas grandes penalidades, nas quais os penafidelenses levaram a melhor, triunfando por 3-1.

Já o Gil Vicente, na deslocação até Castelo Branco, resolveu o jogo nos 90 minutos. Sem Cadu, os gilistas, adiantaram-se aos 26 com um golo de Djamal de penálti.

Mas o Benfica de Castelo Branco conseguiu reagir, à passagem do minuto 59, Fábio Pereira deu esperança aos visitados empatando a partida.

Os galos resolveram a eliminatória já perto do fim. Goba aos 79 e Paulinho aos 87 selaram a qualificação dos homens de Barcelos, fixando o resultado final em 3-1.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *