Golpe de Vista

Caetano foi herói em triunfo épico


O triunfo do Penafiel ficará, isso é garantido, como um dos jogos mais emocionantes do futebol português. A formação duriense foi a Guimarães bater o Vitória B por 5-4. Ora, se o resultado já era suficiente para entrar na galeria dos encontros mais interessantes, a forma como o triunfo foi obtido é digno de um guião cinematográfico. Armando Evangelista, que regressava a uma casa que já foi sua, viu a equipa penafidelense entrar em falso e rapidamente os jovens vitorianos construíram uma vantagem de dois golos. Phete (7′) e Aziz (17′ g.p.) davam ânimo a um conjunto que precisava de vencer para largar a lanterna vermelha. Um vermelho direto a Musrati deixou o Vitória B a jogar com menos uma unidade aos 38′, mas esse handicap não impediu o Vitória de chegar aos 3-0, aos 48′ através de João Correia. O Penafiel reagiu aos 62′ por Gustavo, mas novo golo vimaranense, na jogada seguinte, parecia acabar com a discussão sobre o vencedor da partida. Puro engano. Com quinze minutos para jogar começou a desenhar-se a reviravolta que irá perdurar na história. Pires ( 75′) deu o mote, fazendo o 4-2, e no minuto seguinte Vinicius (76′) fez o 4-3. O Penafiel galvanizou-se e viria a empatar aos 9′ num autogolo de Phete. Aos 90+1′ chegaria o grande momento, num golo de Caetano que levou aos delírio os penafidelenses. Um jogo para mais tarde recordar!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Prémio GdV – Finalistas

Nomeados finais para o Prémio GOLPE De VISTA 2017/2018