Golpe de Vista

Barnes foi a “pérola” do Atlântico


O extremo ganês foi aposta de Paulo Fonseca e aproveitou a oportunidade com ambos os pés, ao fazer os dois golos do P.Ferreira, na derrota (4-2) frente ao União da Madeira, na primeira mão da 2ª fase da Taça da Liga. André e Marco também estiveram nos eleitos, com o médio a entrar na partida, aos 80’ de jogo. Nos madeirenses, Kisley foi titular e seria substituído aos 80’. Pouco depois (84’) Vitor Oliveira deu ordem de entrada a Micael Babo.

Foto: FC Paços de Ferreira

Coelho contra Taborda

 

O guarda redes Coelho regressou á titularidade do Penafiel, não evitando a derrota da sua equipa, na deslocação à Covilhã, onde Taborda foi titular. Os serranos foram mais fortes e venceram por 3-1. Elenilson (41. gp.) abriu o marcador antes do intervalo. Na segunda parte, já com Xeca – entrou aos 54’ – o Sp.da Covilhã aumentou a vantagem, através de Flávio (56’). Rabiola (69’) ainda reduziu, mas pouco depois, Erivelto (71’) estabeleceu o resultado final.

 

Cardozo derruba Trofense de Rateira

André Rateira foi aposta inicial, no desaire caseiro do Trofense, na recepção ao Moreirense. Os cónegos venceram por 2-1, com Cardozo a bisar, aos 10’ de penalti, e aos 74’. Pelo meio, Dudu (54’) marcou para a equipa da Trofa. Rateira foi substituído já perto do final do encontro.

 

Empate central

Tondela e Arouca empataram (1-1) num duelo da zona centro do país. Carlos Pinto viu o seu adversário marcara primeiro, por Hugo Monteiro (64), mas Toze Marreco (79) repôs a igualdade. Luís Machado, recuperado de uma mazela num pé, foi suplente utilizado, entrando aos 61’. Fábio Pacheco, também começou no banco e viria a entrar aos 82’.

 

José Mota vence pela primeira vez

José Mota festejou o primeiro triunfo enquanto técnico do Gil Vicente. Os galos foram vencer no terreno do Atlético, por 2-0(João Vilela 18’ e Simmy 90’), num encontro em que ficaram reduzidos a dez jogadores aos 65’ e a apenas nove aos 74’. Ou seja, foi com apenas nove jogadores em campo que José Mota viu Simmy marcar o segundo golo da sua equipa, que está bem encaminhada para o apuramento.

 

Chaves empata Rio Ave

 

Um penalti muito contestado evitou a derrota do europeu Rio Ave no terreno do D.Chaves. Arnold foi titular nos flavienses, que marcaram primeiro, por Barry (18). Da marca dos onze metros, Esmael (49) empatou a partida.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Prémio GdV – Finalistas

Nomeados finais para o Prémio GOLPE De VISTA 2017/2018