Golpe de Vista

José Mota dá asas ao sonho do Aves


Foi necessário recorrer ao prolongamento, mas o D.Aves acabou por garantir a tão desejada presença na final da Taça de Portugal. José Mota, técnico avense, coadjuvado por Paulo Sousa, respirou de alivio quando Vitor Gomes marcou o golo que selou o apuramento dos encarnados, aos sétimo minuto do tempo extra. Recorde-se que na primeira mão o D.Aves venceu por 1-0, mas um autogolo de Jorge Fellipe(55′) levou a equipa do Caldas a forçar o tempo extra. O golo de Vitor Gomes foi determinante, já que era preciso que o Caldas marcasse dois golos para seguir em frente. Novo golo iria surgir para os avenses, novamente pelo mesmo jogador. Vitor Gomes foi o herói da Taça de uma equipa que contou no onze inicial com os nossos bem conhecidos Nélson Lenho e Carlos Ponck. Na final o D.Aves irá defrontar o Sporting que, após grandes penalidades, eliminou o FC Porto.

Fotos: Manique Barroso/ zerozero.pt


Image courtesy of Joaquim Jorge | Golpe de Vista

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Prémio GdV – Finalistas

Nomeados finais para o Prémio GOLPE De VISTA 2017/2018