Golpe de Vista

Bruno Sousa abriu taça com golo do meio da rua


Jovem formado no Paços marcou do meio campo

Disputou-se no passado fim de semana a 1ª eliminatória da Taça de Portugal, que contou com a participação de alguns emblemas da distrital e com todas as equipas do Campeonato de Portugal.

Um dos destaques desta primeira fase da prova rainha vai para Bruno Sousa e o seu Gondomar, que venceu na Régua por três bolas a uma. O lateral formado no Paços de Ferreira deu o mote para o triunfo dos gondomarenses, uma vez que abriu o ativo logo aos 2 minutos. Camará e Gil Barbosa foram os autores dos restantes tentos do conjunto visitantes. Para além do já mencionado Bruno Sousa, também o central Rui Filipe foi totalista nesta partida, igualmente pelo Gondomar.

Pior sorte teve Carlos Matos, pois o seu Mirandela caiu da taça. Na deslocação ao terreno do Maria da Fonte, os mirandelenses empataram a uma bola no tempo regulamentar, mas não foram felizes nas grandes penalidades, tendo perdido por 5-4. Matos não foi opção inicial do técnico Rui Borges, tendo sido chamado ao jogo à passagem do minuto 70.

O mesmo desfecho teve o jogo entre o Cinfães de Ivo, que fez toda a partida, e o Salgueiros. Depois de uma igualdade a dois nos noventa minutos e no prolongamento, o encontro foi resolvido da marca de grande penalidade, com os salgueiristas a vencerem por 5-4.

Em Vizela, os da casa, com Zé Valente no onze, só conseguiram encaminhar a qualificação no prolongamento. Com 0-0 no fim do tempo regulamentar, os vizelenses carregaram no acelerador e acabaram por marcar três golos no prolongamento. Um bis de João Paredes e um tento de Felipe Augusto ditou o 3-0 final.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Prémio GdV – Novembro

Nomeados prémio Golpe de Vista – Novembro 2017